po4av0.63

PO4A-TRANSLATE

Section: Ferramentas Po4a (1p)
Updated: 2021-02-22
Index Return to Main Contents
 

NOME

po4a-translate - converter um ficheiro PO de volta ao formato de documentação  

SINOPSE

po4a-translate -f fmt -m master.doc -p XX.po -l XX.doc

(XX.doc é a saída, todos os outros são entradas)  

DESCRIÇÃO

O objetivo do projeto po4a (PO for anything: PO para qualquer coisa) é facilitar traduções (e o mais interessante, a manutenção das traduções) a usar as ferramentas do gettext em áreas em que não se esperava, como na documentação.

O script po4a-translate é responsável por converter a tradução (que foi feita num ficheiro PO) de volta para o formato de documentação. O ficheiro PO fornecido deverá ser a tradução do ficheiro POT que foiproduzido por po4a-gettextize(1).  

OPÇÕES

-f, --format
O formato da documentação que pretende processar. Use a opção --help-format para ver a lista de formatos disponíveis.
-a, --addendum
Adicionar um ficheiro ao ficheiro resultante (para pôr o nome do tradutor ou uma secção ``Sobre esta tradução'', por exemplo). A primeira linha do ficheiro para inserção deve ser um cabeçalho PO4A a indicar onde ele deve ser adicionado (ver secção COMO adicionar texto extra para traduções em po4a(7)).
-A, --addendum-charset
Conjunto de carateres da adenda. Note-se que todas as adendas devem estar no mesmo conjnto de carateres.
-m, --master
Ficheiro a conter o documento principal para traduzir.
-M, --master-charset
Conjunto de carateres do ficheiro que contém o documento a traduzir.
-l, --localized
Ficheiro onde o documento localizado (traduzido) deve ser escrito.
-L, --localized-charset
Conjunto de carateres do ficheiro que contém o documento localizado.
-p, --po
Ficheiro a partir do qual o catálogo de mensagens deve ser lido.
-o, --option
Opção/ções adicional/ais para passar ao plugin de formato. Veja a documentação de cada plugin para mais informações sobre as opções válidas e os significados deles. Por exemplo, poderia passar '-o tablecells' para o analisador AsciiDoc, enquanto o analisador de texto aceitaria '-o tabs=split'.
-k, --keep
Limite mínimo de percentagem de tradução para manter (p.ex. escrever) o ficheiro resultante (predefinição: 80). P.ex. por predefinição, ficheiros têm que ser traduzido a pelo menos 80% para serem escritos.
-w, --width
Coluna em que devemos envolver o ficheiro resultante.
-h, --help
Mostrar uma pequena mensagem de ajuda.
--help-format
Lista os formatos de documentação compreendidos por po4a.
-V, --version
Mostrar a versão do script e sair.
-v, --verbose
Aumentar o detalhe do programa.
-d, --debug
Saída de alguma informação de depuração.
--porefs type[,wrap|nowrap]
Especifica o formato de referência. O argumento tipo pode ser um de: never para não produzir qualquer referência, file para especificar o ficheiro sem o número da linha, counter para substituir os números de linha a aumentar o contador e full para incluir referências completas. (predefinição: full).

O argumento pode ser seguido por uma vírgula ou pela palavra-chave wrap ou nowrap. Referências são escritas por predefinição numa única linha. A opção wrap envolve referências sobre várias linhas, para imitar as ferramentas gettext (xgettext e msgmerge). Esta opção irá tornar-se a predefinição num lançamento futuro, porque é mais sensível. A opção nowrap é acessível aos utilizadores que querem manter o comportamento antigo.

--wrap-po no|newlines|number (predefinição: 76)
Especifica como o ficheiro po deve ter a quebra de linha. Isso permite escolher entre ficheiros que tem boa quebra de linha, mas que podem levar a conflitos de git ou ficheiros que são mais fáceis de manipular automaticamente, mas mais difíceis de ler para humanos.

Historicamente, o pacote gettext reformatou os ficheiros po na 77ª coluna para questões cosméticas. Esta opção especifica o comportamento de po4a. Se definido como um valor numérico, o po4a quebrará linha do ficheiro po após esta coluna e após novas linhas no conteúdo. Se definido como newlines, o po4a dividirá apenas o msgid e o msgstr após as novas linhas no conteúdo. Se definido como no, o po4a não quebrará linhas no ficheiro po. A quebra de linha dos comentários de referência é controlado pela opção --porefs.

Observe que esta opção não afeta a maneira como o msgid e o msgstr sofrem quebra de linhas ou seja, como os caracteres de nova linha são adicionados ao conteúdo dessas cadeias.

 

A adição de conteúdo (ao lado das traduções) para ficheiros gerados

Para adicionar algum conteúdo extra ao documento gerado além do que traduziu (como o nome do tradutor ou uma secção ``Sobre essa tradução''), deveria usar a opção --addendum.

A primeira linha da adenda deve ser um cabeçalho a indicar onde colocá-lo no documento (que pode ser antes ou depois de uma determinada parte do documento). O resto do ficheiro será adicionado na íntegra para o ficheiro resultante sem processamento posterior.

Note que se po4a-translate não conseguir adicionar um dos ficheiros dados, ele descarta toda a tradução (porque o ficheiro que falta poderia ser o que indica o autor, o que impediria aos utilizadores o contato com ele para relatar erros na tradução).

O cabeçalho tem uma sintaxe bastante rígida. Para mais informações sobre como usar esse recurso e como ele funciona, consulte a página do manual po4a(7).  

VER TAMBÉM

po4a-gettextize(1), po4a-normalize(1), po4a-updatepo(1), po4a(7)  

AUTORES

 Denis Barbier <barbier@linuxfr.org>
 Nicolas François <nicolas.francois@centraliens.net>
 Martin Quinson (mquinson#debian.org)

 

DIREITOS DE AUTOR E LICENÇA

Direitos de Autor 2002-2020 por SPI, inc.

Este programa é software livre, pode redistribuí-lo e/ou modificá-lo sob os termos da GPL (consulte o ficheiro CÓPIA).


 

Index

NOME
SINOPSE
DESCRIÇÃO
OPÇÕES
A adição de conteúdo (ao lado das traduções) para ficheiros gerados
VER TAMBÉM
AUTORES
DIREITOS DE AUTOR E LICENÇA

This document was created by using the manual pages.
Time: 23:40:18 GMT, February 22, 2021
català Deutsch English Esperanto español français hrvatski Magyar Italiano 日本語 Bokmål Nederlands polski Português Português (Brasil) Русский српски језик український 简体中文 (how to set the default document language)